There is always more then meets the eye!

29
Jul 04
Gostava de saber o que te vai na alma De te olhar bem no fundo E desvendar os teus segredos Saber porque o teu olhar não se acalma E o porquê de tantos medos. Gostava de ser ente invisivel De te poder ver agora Desprotegida da noite que te oculta Acordar e ver o mundo lá fora Olhar nos teus olhos Sentir o teu doce perfume E ir embora. Autor: Passodianisto ;)
publicado por crowe às 11:38

Amigo, "leste" bem demais a alma da pessoa para quem escreveste este poema tão lindo ( é picanino, como a pessoa k o inspirou).
beijos e sempre que queiras terás aqui um lugar para publicar... tudo,mesmo os ais!Crowe
</a>
(mailto:crowenest@hotmail.com)
Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 11:43

Julho 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

27
28
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Porque sim!

links
as minhas fotos