There is always more then meets the eye!

21
Out 04
andei por ai
em busca de algo
andei no vento
nos seus quatro cantos
passei pelo barlavento
finalmente encontrei
descansava em seu monumento
estava calmo
doce e singelo
nunca vi
algo tão belo
olhei bem lá longe
olhei lá no fundo
perdi-me no azul
perdi-me do mundo
sorriu para mim
e num doce murmurar
disse quem era
disse que era o mar
logo lhe respondi
que era tanta a beleza
já não sabia quem era
já de nada tinha a certeza
estava perdido
mas finalmente
tinha encontrado
cheguei ao mar
estava diferente
olhou-me nos olhos
sorriu novamente
e lá explicou
n sou o mar
sou apenas gente
com o sorriso
sussurou assim
estarei sempre aqui
sempre que for preciso
e sorriu para mim
se perdido estava
mais perdido fiquei
com tanta beleza
que depois me lembrei
adorava ficar
mas tenho de ir
disse adeus ao mar
com beijo me despedi
disse adeus
nossos olhos se cruzaram
perdi-me nos teus
tive q partir
disse adeus
quem sabe um dia
eu possa voltar
quem sabe um dia
te volte a encontrar

@Autor: Passodianisto
publicado por crowe às 10:15

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Outubro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
15
16

18
20
22
23

24
25
27
28
29
30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Porque sim!

subscrever feeds
links
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO