There is always more then meets the eye!

23
Jan 05
Hoje vi-me pelos teus olhos
E quis que a imagem lá espelhada fosse realmente minha
O meu reflexo era muito maior que eu
Os meus olhos dialogavam com os teus
Numa linguagem que eu desconhecia
Diálogos mudos
Entre almas espelhadas
Em íris matizadas.
Queria que me levasses dali
Antes que as palavras desajeitadas
Escapassem por entre lábios de um ou outro.
Queria acreditar que era aquela imagem
Queria crer que o que via era a tua
Fiquei inerte,
Gelada!
Quebrada!
Quando vi, que a imagem que tinhas minha
Era grande
Mas mesmo assim
Os espelhos que me reflectiam
Também reflectiam
Outras… Imagens de um futuro gelado!
Os nossos diálogos mudos
Eram nossos
Porque os outros diálogos podiam ser segredados
Em ouvidos alheios a mim
Num jogo sem fim…
Onde a imagem que tinhas de mim
Tão maior que eu
Ficava guardada no negro da pupila
Escondido!
untitled.jpg
publicado por crowe às 22:12

Esta noite os galos estão avariados! Deram-lhes demasiada corda ou puseram-lhes pilhas duracel. A realidade é que começaram a cacarejar à meia-noite e continuam durante esta minha madrugada insone! Se tenho de estar acordada que seja em silêncios meus não em cantorias roucas e desafinadas de galos sem capoeira. Quantas madrugadas terá esta noite imensa? Os galos não se silenciam e as galinhas já cacarejam…Um coro desafinado… que não me dá sossego! Raio de aves de penas que não voam, não cantam só desafinam os silêncios! Os galos estão avariados… chamemos um técnico! Onde estará o botão de off? Queria galos à antiga que só cantavam na hora certa! Queria galos que me avisassem do fim das madrugadas insones, anunciando-me um dia novo (com olheiras até ao queixo e baldes de cappucinos). Mas queria galos funcionais, não um que prolonga madrugadas. Numa noite insone, a quantas madrugadas dentro da madrugada consigo resistir? Galos modernos avariados que me estragam a noite sem sono… me prolongam o desespero de ter um silêncio meu! Por favor, arranjem-me um galo à antiga! Um que cante nas horas certas e não um que prolongue e repita madrugadas dentro de madrugadas!

Janeiro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14

18
19
21
22

24
25
26
27
29

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Porque sim!

subscrever feeds
links
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO