There is always more then meets the eye!

18
Set 04
brxbxp38092.jpg
Um dia, timidamente, sorris.
No dia seguinte: ris!
Nos dias seguintes: voas solto
Como uma ave de papel
Tentando alcançar o sol…
A meio da tua viagem
de ave transformas-te em anjo!
Não tens asas de papel!
As tuas asas são os braços que abraçam,
As mãos que tocam e acariciam,
As bocas que se juntam e se deliciam!

Voas alto com o riso nos lábios.
Olhos fechados
Mentalmente hipnotizados por um sol!
Não há brisa, vento ou tempestade
Que te afaste da liberdade
Do caminho ao sol: a felicidade!
Voas alto e, sem aviso,
Quando chegas… cais!
É o segredo que ninguém te conta
Mesmo a quem emprestam asas,
Mesmo quem chega ao sol,
Cai!
la9325-001.jpg
Até os anjos, de asas emprestadas, caem!
Cais, levantas-te!
Dói!
Perdes o coração! A identidade!
Ganhas a dor (até perderes a consciência)!
Ninguém disse que não era assim!
Vais voar, vais cair,
Até os anjos caem!
Sim, é tudo verdade!
Mas quem tem asas uma vez…
Tem outra e outra, e outra vez!

Voa,
Ri, chora
Apaixona-te! Desapaixona-te
Pela Vida, pelo mundo
Por ele, por ela
Por gente…toda a gente!
brxbxp38091.jpg
publicado por crowe às 22:17

Setembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13

19
20
21
25

26
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Porque sim!

subscrever feeds
links
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO