There is always more then meets the eye!

01
Jan 09

Querido Pai Natal,
Este ano portei-me mal!
Bem, não foi mal muito mal... foi só Mal!
Vejamos a lista:
•    Não fui tantas vezes, quantas as que a sociedade considera recomendadas, politicamente correcta. Optei pela frontalidade.
•    Não me dediquei às leituras de revistinhas cor-de-rosinha. Li o Courrier.
•    Não comprei literatura portuguesa de autores da moda só porque  parece tão bem.Optei por livros de autores que poucos conhecem porque me agravam as sinopses.
•    Não deixei de ler os autores do costume apesar de não serem tão in como há uns tempos.
•    Não me inibi de criticar as adaptações cinematográficas de alguns livros que me apaixonaram.
•    Não fiquei até ao fim de peças de teatro cuja história era previsível e eu já tão bem conhecia. Saí no intervalo.
•    Não andei em euforia nos saldos em Portugal. Que este ano, apesar da crise, estavam deploráveis! Desculpa lá Sócrates!
•    Não andei tanto de carro e sempre que fui a Espanha enchi lá o depósito.(Toma lá outra vez Sócrates!)
•    Não fui uma Senhora, como ditam as leis hipócritas da nossa sociedade. Fiz as coisas no meu tempo, de acordo com a minha personalidade, ideais e valores e disse sempre o que pensava.
•    Não fui POP, continuei Rock N’Roll.
•    Não me rendi a freqüentar os lugares da moda e depois de experimentar alguns mantive-me fiel aos locais do costume.
•    Não deixei que pensassem por mim. Revoltei-me muito, ralhei muito... fiz tudo muito.
•    Não deixei de ser gulosa e de fruir de tantas coisas “quase” proibidas.
•    Não estive sossegadinha. Mudei de vida.
•    Não fui muitas vezes para fora cá dentro. Fui para fora “lá fora”.
•    Não mostrei, convencionalmente, o quanto me enerva esta mania das pessoas em serem solidárias somente no Natal e andarem de “tacha arreganhada”  porque todos andam.
•    Não me inibi de beijocar e abraçar o mais que tudo porque é suposto só os adolescentes serem assim .
•    Não deixei de ser mulher, profissional e inventar tempo para conseguir fazer algumas das coisas de que gosto só porque andei a mudar muitas fraldas. Aproveitei as noites insones que têm as mães e coloquei a leitura em dia.

Por estas e outras coisas Pai Natal... este ano portei-me mal!
P.S.- Este ano Pai Natal decidi acreditar em ti... apesar de tudo recebi presentes este Natal... sei que não foste tu... Mas deixa lá não faz mal!
 

publicado por crowe às 09:47

eu bem q o tentei enganar, disse-lhe q me portei bem e o gajo morreu a rir, dai este ano nao ter havido natal :P heheeheheheheheheheh
Passo a 2 de Janeiro de 2009 às 11:53

ahahah demais esta carta ao pai natal....

Hmmm eu tb acho que me portei mal...

Beijinhos crowe
PrincesaVirtual a 4 de Janeiro de 2009 às 22:38

Deixa lá que o pai natal te perdoou … quem dera que mais pessoas se portassem assim tão mal…
Fernando a 14 de Janeiro de 2009 às 17:29

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Porque sim!

links
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO