There is always more then meets the eye!

26
Jul 04

Pega-me na mão com confiança

 Leva-me contigo pelo tempo.

 Devolve-me as asas e a esperança!

 Voa comigo para longe daqui,

 Vem para onde a minha voz seja mais que um choro

 A tua imagem seja a realidade que quero

 E não a fantasia que sonho!

 Voa comigo, com as asas que me deste

 Para o único local onde posso libertar o que a alma guarda em silêncio:

 Preciso de ti!

 Pega-me na mão e cola-te a mim.

 Sem ti, não tenho asas!

 Sem ti, não consigo voar!

 Perdoa-me a fraqueza... mas...

 ... mas sem ti sou ave sem penas,

 Anjo sem asas,

 Corpo sem vida...

 Perdoa querer-te e não poder

 Beijar-te em sonhos...

 Sonhar abraçar-te todos os dias...

 Perdoa-me ter perdido a força

 Ter-me rendido à tua!

 Perdoa o ter asas, sem serem as tuas

 Perdoa a fuga...

 Resta-me somente a esperança de sonhar e neles viver

 O que a realidade não me permite.

brxbxp46619.jpg

(para aquela pessoa que soube exactamente o que este poema é!)

publicado por crowe às 20:58
tags:

Como kem grita o seu desespero, o corvo negro lança-se num voo picado ao seu intimo e deixa nos olhar o q lhe vai na alma. continua linda tou a gostar :)Passo
</a>
(mailto:Passodianisto@hotmail.com)
Anónimo a 27 de Julho de 2004 às 10:08

Para um Anjo Amigo, um desejo: nunca percas as tuas "asas" .... beijo grandeLa Luna
</a>
(mailto:)
Anónimo a 27 de Julho de 2004 às 09:30

Julho 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

27
28
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Porque sim!

links
as minhas fotos