There is always more then meets the eye!

16
Set 04

125_l.jpg

Menina d'água,

 Menina Azul,

 Não importa que o Sol não brilhe

 Neste céu, temporariamente, nublado

 O vento irá soprar levando com ele a neblina que te turva a visão.

 Levará o silêncio e

 E trará novas melodias.

Vais flutuar na superfície

 Livre!

 Com a tua luz azul!

 Mulher, menina Azul

 Através da chuva verás a luz do sol

 e sentirás a saudade indo no vento.

 Sem tristeza, nem choro

 Nos olhos dos teus pedaços de ti

 Tens as recordações que necessitas.

 A Força de que te esqueces...

 Menina melancolia

Menina, Mulher, Mãe Azul...

Ana Azul Colorida

 Sorri em liberdade

Vive e ri em Saudade

 Com aquilo que tens e queres de verdade.

publicado por crowe às 11:28
tags:

Seja quem for a "Menina" o teu poema é de uma força incrivel e ajuda a virar qualquer pagina da vida :-) beijos ( embora eu ate pense q sei kem é heheheh) Passo
</a>
(mailto:Passodianisto@hotmail.com)
Anónimo a 23 de Setembro de 2004 às 08:58

Lindo.
Não há palavras suficientes para comentar.

A D O R E I

Continua MENINA AZULAnabela
</a>
(mailto:gomesanabela@netcabo.pt)
Anónimo a 20 de Setembro de 2004 às 18:56

Obrigada ...Já to disse no outro dia, .... mas repito: nunca ninguém o fez ... tu sabes o resto. Adorei.
Um beijo do tamanho do mundo!La Luna
</a>
(mailto:a_ezequiel@iol.pt)
Anónimo a 19 de Setembro de 2004 às 22:12

Q lindo amiga crowe.... ! :)Cass
</a>
(mailto:karen_k84@hotmail.com)
Anónimo a 16 de Setembro de 2004 às 14:12

oi, um bom dia pa ti e obrigada pelo comentario, volta sp que queiras jocas.cristina
(http://poemasparatodos.blogs.sapo.pt)
(mailto:Cristina_Anjos_@msn.com)
Anónimo a 16 de Setembro de 2004 às 12:55

Setembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13

19
20
21
25

26
29


Porque sim!

links
as minhas fotos