There is always more then meets the eye!

19
Out 04
Cumprimento o mundo com um Yawp conspícuo
Que enreda a génese deste meu logro insano
Corro quixotescamente para a rectidão, abomino o oblíquo
Sou trovador desesperado em busca do meu meridiano

Ostento argumentos desde que me vejo neste espelho meu
Onde me miro de tempos a tempos com assaz curiosidade
Rapino a caras estranhas a pergunta “Quem sou eu?”
E divirto-me a cada dia na senda desta minha verdade

Todos me pintam com cores diferentes das que acho ter
Chamam-me por nomes e epítetos que me dão esperança
Retiro do palco este titerista de emoções que aprendi a ser
E apaziguo-me sentenciando-me com renovada temperança

@autor: Mr. Utopia
publicado por crowe às 10:13

gostei imenso...não vou repetir o ke já foi dito aki por algumas pessoas...apenas ke gostei :) temos poeta ehehe...beijoplumitaaa...
</a>
(mailto:plumacaprichosa@hotmail.com)
Anónimo a 26 de Outubro de 2004 às 10:56

Este Mr. Utopia fere-me os sentidos, tal a profundidade de seus poemas. Crowe, não tens visto aqui coments meus derivado, não da minha ausência, mas sim do Sapo, esse mostrengo que só deixa postar e comentar quando quer e não quando nós queremos. De resto, acho que nunca irias pensar que eu te abandonasse, não é ? Ósculos eternalus.Mentis
(http://visoes.weblog.com.pt)
(mailto:amiljitsu@sapo.pt)
Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 12:53

"Sou trovador desesperado em busca do meu meridiano
Rapino a caras estranhas a pergunta “Quem sou eu?”
Retiro do palco este titerista de emoções que aprendi a ser"
Lindo!!! Sem comentário possivel ... beijos

Coral
</a>
(mailto:Coral22@sapo.pt)
Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 09:24

A grande vantagem de sermos nós mesmos...é conseguirmos descortinar o que os outros vêem de nós! Todos os que nos rodeiam nos sentem de formas diferentes, porque nos relacionam com vivências. O importante é não nos deixarmos levar por outros olhos que não sejam os nossos, pois os nossos olhos são espelhos da nossa alma, são-nos fiéis, são os que mais nos condenam e simultaneamente, os que mais nos bajulam. Um beijo muito grande para ti.Igara
</a>
(mailto:Igara@sapo.pt)
Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 14:08

a eterna busca do Graal, ou a eterna busca de nos proprios .. gostei .. és e seras sempre akilo q quiseres ser ... um abraço .. PassoPasso
</a>
(mailto:Passodianisto@hotmail.com)
Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 11:51


Once upon a time there was a philosopher that said that we are three things: what we think we are, what others think we are, and what we are in fact. We will always be reaching for the other's view, we will always try to capture what he or she thinks. And our reflection will always deceive us.

No matter what you are, your reflection is needed to understand your true colours. They shine, they sparkle and they always bring a smile on my face.
That is why I like you so much. :)Christmas Delight
</a>
(mailto:fcss7401@hotmail.com)
Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 11:32

Outubro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
14
15
16

18
20
22
23

24
25
27
28
29
30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Porque sim!

links
as minhas fotos