There is always more then meets the eye!

16
Set 07
You are my breading light
 A smile that shines...
In a very black beack…
The keeper of the locked door
To my mind’s graveyard
 You are the friendship...
You are the life…
You are the light in my torn mind!
A though that shines in the dark corners
 Of an oblivion mind…
 Perdida num mundo
 Real ou irreal
Pouco importava
Importava que estava e sentia
 A Terra girava no seu eixo e
 Sentada num dos seus pólos
 O mundo parecia não fazer sentido nem estar estando
 Torpe na mente…
Corpo sentido e descrente
A vida acontecia
O sol nascia e adormecia
E tudo se misturava sem nexo
 No seu horizonte …
Real? Irreal?
Demente? Lúcida?
Torpe? Calma?
 Adormecida ou acordada?

 The beack made a sound a blue, yellow, brown, white sound
 A living sound... but not a black, grey or not so alive sound
 A beacon of light in the middle of a trobbled mind
publicado por crowe às 21:55
sinto-me:
música: Jorge Palma

06
Set 07

Não me apetece

Não me apetece não me apetecer

Não me apetece apetecer

Apetece-me pensar e ver

Ter concretizado sem concretizar

Não me apetece ligar a ventoinha

Não me apetece ter calor

Não me apetecia ter crescido

Nem me apetecia ter aprendido

Algumas coisas que a vida me ensinou

Não me apetece amar

Mas, não me apetece odiar!

Não me apetece ter saudades

Não me apetece dizer verdades

Mas, menos me apetecem dizer e ouvir mentiras

 

Apetecia-me não me apetecer

Ter ido aos arquivos e recordar…

Apetecia-me em alguns lugares na minha história não me ter apetecido

Apetecia-me ter menos calor

Menos empatia

Mas sinceramente aquilo que eu queria:

Era não me apetecer o que me apetecia!

publicado por crowe às 18:45
sinto-me: grr... mas pouquinho!
música: Big Girls don't cry

Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Porque sim!

links
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO