There is always more then meets the eye!

28
Set 06

A tua descrição de ti em palavrinhas

Que os meus olhos viram de mim…

Sol

Porque quente, sorridente e ardente o és!

Lua,

Misteriosa, oculta, escondida, alta

Noite e dia… Amanhecer e lusco-fusco

negritude que és num raiar de luz que emanas!

Escorpião liberto e libertino…sagaz, mordaz, incapaz de rendição

Pequena que és… imperceptível quando o desejas

Mortal sem que o saibas… Mortal sem que o desejes…

Mortal porque o és… veneno que invade as veias sem uma só ferroada…

Resistente flexível… aos olhos que te vêem…

Palavras que te descrevem… não te abarcam…

Não percebem…

 

A minha descrição de ti em palavrinhas

Que os teus olhos viram de mim…

@Há palavras que podem nunca te dizer mas ambas as sabemos... não perdoamos nem esquecemos! Beijos minha louca... saudades bojudas(( I may not fix you but ... forever is to long ))

publicado por crowe às 19:58
música: Fix you - Coldplay((porque a adoras miúda))

27
Set 06

Nada na vida nos prepara para isto!

Nada na vida me preparou para aquilo… mas porque é que a minha mãe nunca me disse???

Porque motivo?

Raios… será perene a sensação de estar num livro de trama estranha e desconexa…???? Será? Será?

 Se é não quero!

Mas será que alguém me explica o que é ser adulto? ((ou ser grande como dizem os miúdos?))

Será que alguém me explica como reagir de forma “Vai-te lixar que eu nem quero saber?” quando acontece algo de brutalmente “in your face”! ???

 

Bem na volta é mesmo melhor começar a pedir desculpas, como numa música que ouvi hoje a caminho do trabalho…

Excuse me…

Por ser mais rock & roll que pop… só porque … olha porque sim…

Excuse me…

Por dizer o que penso, o que sei e o que sinto… só porque … olha porque sim…

Excuse me…

Por ser brutalmente frontal … só porque … olha porque sim…

Excuse me…

Por não tenho paciência para joguinhos imaturos e tontos… só porque … olha porque sim…

Excuse me…

Por me cansar de vítimas e vitimizantes e não ter pachorra para os aturar … só porque … olha porque sim…

Excuse me…

Por me irritar quando digo com todas as letras o que vejo e me pintarem o céu de rosa quando ele está cinzento… só porque … olha porque sim…

Excuse me…

Por ser irremediavelmente como sou e não me mascarar de outras coisas… só porque … olha porque sim…

Excuse me…

Por ser saudosa e gostar que tenham saudades minhas… só porque … olha porque sim…

Excuse me…

Por me emocionar com coisas tão mínimas … só porque … olha que sim…

Excuse me…

… só porque … olha que sim…
publicado por crowe às 20:18

14
Set 06

Please God, make me beautiful

Please God, make whole!

 

Please God, make me happy… make me smile

…ignore my frowning… keep me safe for a while!

 

Please God, make me gifted to say the words

… Describing what it is I see…

Please God, make me beautiful inside out!

Please God, make me able to say the prays

To say I need help… even once in a while!

publicado por crowe às 18:20
sinto-me:

11
Set 06
@Esta música faz parte da banda sonora do filme Miami Vice.(caso não tenham visto o filme e vos apeteça ver o trailler acedam a www.miamivice.com )
O Filme, que na minha opinião, tem um excelente clip de apresentação e uma banda sonora soberba e depois deixa muitíssimo a desejar... Mas isso é a só a minha opinião... claro que a fotografia é soberba e o Colllin Farrel à excepção daque bigodinho a Quim Barreiros está ... raios... o Homem está a incarnação do Bad Boy... Mas voltando a esta música: è divina se tiverem oportunidade oiçam-na!
Deixo-vos as palavras... deliciem-se!

I am ready for love
Why are you hiding from me
I'd quickly give my freedom
To be held in your captivity

I am ready for love
All of the joy and the pain
And all the time that it takes
Just to stay in your good grace
Lately I've been thinking
Maybe you're not ready for me
Maybe you think I need to learn maturity
They say watch what you ask for
Cause you might receive
But if you ask me tomorrow
I'll say the same thing

I am ready for love
Would you please lend me your ear?
I promise I won't complain
I just need you to acknowledge I am here

If you give me half a chance
I'll prove this to you
I will be patient, kind, faithful and true
To a man who loves music
A man who loves art
Respect's the spirit world
And thinks with his heart

I am ready for love
If you'll take me in your hands
I will learn what you teach
And do the best that I can

I am ready for love
Here with a offering of
My voice
My Eyes
My soul
My mind
Tell me what is enough
To prove I am ready for love

I am ready
publicado por crowe às 22:06
sinto-me:
música: Ready for love- India Arie

06
Set 06

Para quem não sabe, não quer saber ou... o que quer que seja! Os Pearl Jam, actuaram em Portugal nos dias 4 e 5. Eu, como o título logo o denuncia, estive lá ontem!

E sim a minha noite foi mais quente, mais clara mais luminosa, mais radiosa, mais psicadélica, mais sorridente que muitos dias...

Aqui vos deixo a letra da minha música favorita e uns entre parêntises)!

( Á Luisa que curtiu e pulou comigo desde o primeiro momento, que nos comprou os bilhetes assim que surgiram murmúrios deste espectáculo e espelhou o meu sorriso quando os acordes da música começaram( e me fotografou com o aspecto mais esgazeado da história da minha existência) e que tornou esta experiência tão " mais" magnífica; Ao Rui Amaro que me "apresentou" a banda quando eu era ainda uma imberbe adolescente, à Fedra e à Tibério que tantas vezes a ouviram comigo, pularam, encenaram moches e trocaram cassetes comigo, ao Pedro o fantástico amigo que a pedia aos Djs de todas as matinés e festinhas de escola; Ao Hugo que tantas vezes me emprestou o walkman ou me deu pilhas para o meu velho walkman (ainda de k7 e que lixamos quando o atirámos para um lago nas Caldas para nos certificarmos de que era à prova de água) e me regravou k7 com os albuns quando as fitas se partiam de tanto tocar; à minha irmã que já nem entrava no quarto quando ouvia certos acordes e me ofereceu um leitor de cds e phones; aos meus pais que me financiaram os cd's, ao Rui que não os suportava mas me deixava sempre ouvi-los quando tocavam na rádio do carro; à MArta que me ligou a dizer que tem uma ervilha; ao meu mais que tudo ()que os ultimos sao mesmo os primeiros)) por tanta coisa e porque sim...  Sem todas estas pessoas e outras ainda aquela noite, aquele sítio e aquelas músicas não teriam os significados que têm... crescemos e mudámos tanto desde 1991).

=) Sorrisos e beijinhos

see you in a better place!

((Ai e à Luisa outra vez... foi mesmo memorável aquela noite amiga...))

"Alive"

Son, she said, have I got a little story for you
What you thought was your daddy was nothin' but a...
While you were sittin' home alone at age thirteen
Your real daddy was dyin', sorry you didn't see him, but I'm glad we talked...
Oh I, oh, I'm still alive
Hey, I, I, oh, I'm still alive
Hey I, oh, I'm still alive
Hey...oh...
Oh, she walks slowly, across a young man's room
She said I'm ready...for you
I can't remember anything to this very day
'Cept the look, the look...
Oh, you know where, now I can't see, I just stare...
I, I'm still alive
Hey I, but, I'm still alive
Hey I, boy, I'm still alive
Hey I, I, I, I'm still alive, yeah
Ooh yeah...yeah yeah yeah...oh...oh...
Is something wrong, she said
Well of course there is
You're still alive, she said
Oh, and do I deserve to be
Is that the question
And if so...if so...who answers...who answers...
I, oh, I'm still alive
Hey I, oh, I'm still alive
Hey I, but, I'm still alive
Yeah I, ooh, I'm still alive
Yeah yeah yeah yeah yeah yeah

publicado por crowe às 20:17
sinto-me:
música: Pearl Jam

04
Set 06

Mata, mata!

Não morre!

Apaga, apaga!

Não desaparece!

Atira-lhe agua!

Não desvanece nem borra!

Agarra e amarrota!

Atira com raiva!

Salta, pula, “chuta”!

Impõe a tua vontade! Grita-lhe!

Silêncio e sorriso em resposta!

 

Chora, soluça, esperneia de fúria contida!

As lágrimas não caem para sempre… a chuva também não!

Por inteiro, sem “mossas”, borrões do que é!

Como se nada fosse…

Abraça!

Beija!

Aperta… mas não amassa!

Inteiramente e sem “mossa”… recordação das fúrias passadas

Impregna o que é em ti e aplaca-te a fúria…

Acalma, acalma!

Vive!

Escreve, olha, vê!

Abraça!

Sorri… dança!

publicado por crowe às 19:01
sinto-me:
música: Jane Siberry- banda sonora do corvo

Setembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
29
30


Porque sim!

links
as minhas fotos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO